Qual é a diferença entre gripe e resfriado?

http://www.culturamix.com/

Apesar de serem considerados como sinônimos, pelas pessoas em geral, existe uma grande diferença.
A gripe é provocada por um vírus específico (Influenzae) e é uma infecção que apresenta uma sintomatologia bem mais importante: febre elevada, dores pelo corpo, cefaléia (dor de cabeça), astenia e prostação.
No resfriado, os sintomas são bem mais leves. A febre é baixa ou pode estar ausente e muitas crianças apresentam apenas um pouco de coriza ou de obstrução nasal, sem outros sintomas.


E qual é o vírus que provoca o resfriado?

Ah, existem mais de 200 vírus que podem provocar o resfriado. É por isso que não existe uma vacina para o resfriado.

Como se pega um resfriado?

Através de outra pessoa. O resfriado é uma infecção provocada por alguns tipos de vírus. Esses vírus se propagam através das secreções respiratórias (tosse, coriza, espirros) ou pelas mãos das pessoas infectadas.

Quantos resfriados por ano é esperado que uma criança normal apresente por ano?

Uma média de 6 a 8 vezes por ano. Mas depende de uma série de fatores, tanto individuais da criança como do ambiente que ela freqüenta.

Quais são os esses fatores?

Da criança, poderíamos citar: a idade (maior risco para os menores de 4 anos), a situação nutricional (os desnutridos são mais vulneráveis), presença de outras doenças que possam contribuir para debilitar o organismo, como anemias, cardiopatias, pneumopatias, etc., tornado-os mais susceptíveis.
Em relação ao ambiente, por exemplo, uma criança que freqüenta uma escolinha ou uma creche, tem uma chance 3 a 4 vezes maior de apanhar um resfriado do que aquela que passa o dia em casa; essa chance ainda é maior se a criança ficar os dois expedientes na escolinha ou na creche.
São também fatores ligados ao ambiente e que propiciam uma maior chance de doença: pais fumantes, maior número de irmãos ou de pessoas no domicílio e um número menor de cômodos na casa.
Agora eu estou me lembrando do meu filho. Ele nunca tinha adoecido, mas depois que completou 1 ano e eu inventei de colocá-lo na escolinha.
Isso é esperado. Na escolinha existe quase que um contato diário do seu filho com crianças resfriadas, o que faz com que ele adquira com facilidade esses vírus.
Por outro lado, a sua imunidade, ou seja, seus mecanismos de defesa que fazem com que ele se defenda das infecções, só estará amadurecida lá pelos 4 anos de idade. Essa, teoricamente, seria a idade ideal para a criança começar a ir para a escola.

E o frio, toda vez que a temperatura baixa, meu filho fica com o nariz escorrendo?

O mais provável é que isso não seja um resfriado e sim uma rinite, conhecida no meio médico como "rinite vasomotora" . Trata-se de uma reação do organismo à queda da temperatura.

Quantos dias dura um resfriado?

A febre, quando presente, não deve durar mais do que 3 dias (72 horas).
Os sintomas nasais e da faringe (coriza, congestão nasal, irritação na garganta), até uma semana. E a tosse, quando presente, é a que demora mais a passar, 2 a 3 semanas.
Quando o resfriado de seu filho não apresenta essa evolução, você deve procurar assistência médica de imediato.

Então, quando uma criança passa o tempo todo com o nariz escorrendo não é resfriado?

Pode até ser, no caso em que a criança esteja adquirindo um resfriado em cima do outro. Entretanto, para se ter certeza, essas crianças necessitam de uma avaliação médica. Pode ser, por exemplo, uma complicação de um resfriado como uma sinusite ou tratar-se de uma rinite alérgica.

E em que outras situações, quando meu filho estiver com resfriado, eu devo procurar o médico?

Se sua criança tem menos de 1 ano, sempre é recomendável uma avaliação médica.
Nos outros casos, fique atenta para a presença dos seguintes sinais: recusa alimentar, abatimento do estado geral, dificuldade para respirar, secreção nasal com mau cheiro, dor de ouvido, inchaço ou dor no rosto, secreção amarelada nos olhos.
Meu primeiro filho até completar 1 ano de idade nunca teve nada. Agora o segundo, antes de completar 6 meses já começou a ter resfriados.

Será que ele nasceu com algum déficit de imunidade?

É pouco provável. O que acontece é que o segundo filho e os sub-seqüentes, têm maiores chances de adoecer mais cedo e com maior freqüência. O seu primeiro filho era ele sozinho, praticamente no seu primeiro ano só tinha contato com você e seu esposo. Agora, a situação é diferente! O seu primeiro filho está maior, já vai brincar com seus coleguinhas, freqüenta a escola e, dessa forma, trás alguns vírus para dentro de casa que provocam infecção no seu irmãozinho mais novo.

A vitamina C evita que as pessoas adquiram resfriado?

Infelizmente não.
E serve para o tratamento do resfriado? Também não. Doses elevadas de vitamina C ( > 2 g) podem provocar diarréia.

É importante usar soro fisiológico no nariz quando a criança está com resfriado?

Sim. Pois a limpeza dessa secreção é importante para se prevenir algumas complicações do resfriado, como a otite e a sinusite.

E fora o soro, outros remédios podem ser instilados no nariz?

Esses "outros" medicamentos apresentam na sua composição, substâncias que contraem os vasos sanguíneos. Essas drogas podem provocar intoxicação ou efeitos colaterais como, lesões da mucosa nasal ou aumento da pressão arterial.
Dessa forma, o seu uso deve ser restrito, 2 a 3 vezes por dia, no máximo durante uns 3 dias. Em menores de 1 ano de idade, nunca devem ser usados.

E os remédios chamados descongestionantes que são administrados pela boca, podem ser utilizados?

Esses medicamentos não oferecem grandes vantagens ao paciente, não devendo ser utilizados de forma generalizada. Os estudos científicos comprovam que esses remédios não encurtam a duração do resfriado e nem contribuem para a prevenção da complicações.
Uma outra desvantagem do seu uso, além do custo, é a possibilidade de efeitos colaterais (sonolência, adinamia, irritabilidade ...) e intoxicação medicamentosa.
A sua vantagem, por apresentar na sua composição substâncias com efeitos anti-alérgico, é que provocam alguma melhora em crianças portadoras de alergia das vias respiratórias.
Assim como os remédios de nariz (descongestionantes tópicos), nunca devem ser utilizados em menores de 1 ano de idade.

E a vacina que existe para gripe. Meu filho deve tomá-la?

Não. Essa vacina está indicada apenas para as pessoas idosas, ou seja, com mais de 60 anos de idade.

Como fazer para prevenir um resfriado?

É extremamente difícil na prática. Mas o ideal é procurar não entrar em contato com pessoas resfriadas; evitar freqüentar escolinhas, creches, shoopings, etc.
Fonte: www.imip.org.br